Galeria de Fotos Entre em contato Shopping Fórum Vídeo da vez Defina o Aeroworld como página inicial Adicione aos Favoritos Layout by Tássia Valim

  As últimas notícias da banda

 

Steven Tyler e Joe Perry participaram do “Access Hollywood” na terça-feira, 15 de abril, para divulgar a turnê “Let Rock Rule”. Veja a entrevista na íntegra clicando na imagem abaixo:

- Eles comentam sobre a nova barba de Steven. Joe não usa barba porque incomoda sua esposa.
- Eles relembram a turnê do Aerosmith com o Guns N’ Roses em 1988. Steven alertou os integrantes do Guns N’ Roses para não se drogarem durante a turnê, pois todos do Aerosmith tinham acabado de se tornar sóbrios. Mas não adiantou muito.
- Steven diz que às vezes as coisas boas precisam desmoronar para se recompor. É por isso que o Aerosmith se mantém junto há tanto tempo.
- Steven tenta odiar Joe e os outros membros do Aerosmith, mas não consegue, porque as músicas que eles criaram juntos são como bebês. A maneira como eles compõem juntos envolve muita química. As músicas se tornam vivas.
- Para Joe,  saber que eles podem melhorar a cada show os mantém seguindo em frente. Eles não ligam de fazer a mesma coisa por tantos tempo porque sabem que cada show pode ser uma oportunidade única para alguns fãs.
- Joe não foi contra a entrada de Steven no “American Idol”. Ele apenas não sabia como aquilo iria interferir com a banda. Ele não gostou de Steven não ter contado diretamente para a banda, mas acabou lidando com a situação da mesma forma, trocando acusações em público. Agora eles conversam sobre tudo. Joe sabe que Steven se divertiu muito no “American Idol”, e isso é bom.
- Steven diz que todo mundo conhecia o Steven Tyler “deus do rock”, mas não o Steven Tallarico pai de família. Sua filha Mia foi a primeira a enviar uma mensagem quando o primeiro programa foi ao ar, afirmando que o público o conheceria como ela o conhecia. Não é algo que Bob Dylan faria, por exemplo, mas ele arriscou.
- Steven fala sobre seu único neto Milo, de 9 anos, filha de Liv Tyler. Ele também diz que sua filha Chelsea está noivo de Jon Foster. No aniversário de Chelsea, dia 6 de março, Jon pediu a Steven a mão de Chelsea em casamento. Jon disse a Steven: “Eu amo sua filha há dois anos, amo cada vez mais e quero pedir sua permissão para casar com ela”. Joe não sabia e congratulou Steven no mesmo momento.
- Joe espera que as pessoas digam a verdade quando o Aerosmith perder a força, porque eles vão sempre se achar ótimos, como se tivessem 30 anos.
- Steven diz que mesmo aos 60 anos, não dá vontade de parar de fazer shows tendo 80 mil pessoas gritando por você. Na América do Sul, eles se sentem crianças em um parque diversões.
- Steven faz um trocadilho sobre peitos e todos no estúdio riem.

Share

 1 comentário  |  Publicado por Carol




No Banned In Boston deste ano, Tom Hamilton interpretou John Wilkes Booth, ator que assassinou o presidente americano Abraham Licoln em 1865.

O Banned in Boston é uma peça realizada anualmente para arrecadar dinheiro para o Urban Improv, grupo de teatro que ajuda jovens da área de Boston a lidar com situações como bullying e violência. Na peça, figuras conhecidas de Boston interpretam outras pessoas famosas. Tom já interpretou Bill Clinton, rainha Elizabeth, Camilla Parker Bowles, Barbara Bush e Charlie Sheen, por exemplo.

Fonte: Boston Herald

Share

 1 comentário  |  Publicado por Carol




No final de semana, Steven Tyler marcou presença no festival Coachella, realizado anualmente na Califórnia. Steven foi visto acompanhado da filha Chelsea e posou para fotos com a cantora Katy Perry.

 

Mais fotos: Zimbio (1)(2)(3)(4)(5)(6)

Share

 1 comentário  |  Publicado por Carol




Steven Tyler e Joe Perry gravaram um novo arranjo de ‘Dream On’ para homenagear as vítimas das explosões na Maratona de Boston  em 2013, acompanhados pelo Coral Infantil do Sul da Califórnia.

You need to a flashplayer enabled browser to view this YouTube video

A música faz parte de um especial da ESPN chamado “Dream On: Stories from Boston’s Strongest” (histórias dos fortes de Boston). O programa vai ao ar no sábado na ABC. Veja aqui uma entrevista com Steven e Joe nos bastidores.

ATUALIZAÇÂO 16/04: trocamos o vídeo por outro com melhor qualidade

Share

 1 comentário  |  Publicado por Carol




Chelsea Tyler, de 25 anos, está noiva de Jon Foster, 29 anos. Chelsea e Jon têm uma banda juntos, a badbad.

“Me apaixonei por Jon no minuto que o conheci, e Chelsea o ama loucamente”, contou Tyler à People. “Jon é um ótimo músico e ator. Eu não poderia estar mais feliz.”

Steven diz que Jon pediu sua permissão no aniversário de Chelsea, dia 7 de março. “Foi tradicionalmente lindo. Significou muito pra mim quando ele me pediu a mão dela em casamento”, ele declarou.

Fonte: People

Share

 1 comentário  |  Publicado por Carol




Mais fotos:

- Getty Images
- Wire Image

You need to a flashplayer enabled browser to view this YouTube video

You need to a flashplayer enabled browser to view this YouTube video

You need to a flashplayer enabled browser to view this YouTube video

Share

 1 comentário  |  Publicado por Carol




Steven Tyler e Joe Perry gravaram um novo arranjo de ‘Dream On’ para homenagear as vítimas das explosões na Maratona de Boston  em 2013, acompanhados pelo Coral Infantil do Sul da Califórnia.

A música faz parte de um especial da ESPN chamado “Dream On: Stories from Boston’s Strongest” (histórias dos fortes de Boston). O programa vai ao ar no sábado na ABC.

You need to a flashplayer enabled browser to view this YouTube video

You need to a flashplayer enabled browser to view this YouTube video

You need to a flashplayer enabled browser to view this YouTube video

Share

 1 comentário  |  Publicado por Carol




“Somos uma banda de rock das antigas”, conta Steven Tyler à Rolling Stone. “Quer saber? Ainda estamos juntos, ainda temos paixão, ainda brigamos, ainda fazemos as pazes e ainda estamos vivos. Ainda é rock and roll.”

A banda multi-platina de Boston mal parecia ter futuro cinco anos atrás, após anos de projetos de álbuns empacados, lesões no palco e tensões gerais na banda. Chegaram a falar sobre projeto solo e um novo vocalista. Mas na segunda-feira, no London Hotel em West Hollywood, Califórnia, o Aerosmith era uma família novamente: Tyler sentou com a perna pro alto no braço da cadeira, se inclinando confortavelmente contra o guitarrista Joe Perry, seu principal parceiro de composição por mais de quatro décadas.

Uma hora antes, a banda (menos o guitarrista Brad Whitford, que está na estrada) finalizava um repertório de seis músicas no interior íntimo do Whisky a Go Go na Sunset Strip, onde o Aerosmith fez sua estreia na Costa Oeste, em 3 de dezembro de 1973. Participando nas músicas “Mama Kin” e “Train Kept A-Rollin’” esteve Slash, que conheceu a banda pela primeira vez como membro do Guns N’ Roses.

Na ocasião, foi anunciada uma nova turnê mundial do Aerosmith, que começa dia 14 de maio em Istanbul, Turquia. Slash e seus Conspirators (com o vocalista Myles Kennedy) será a banda de abertura na turnê “Let Rock Rule” pela América do Norte, com início em 10 de julho em Nova York.

Combinado a vivídos grafites expostos em Los Angeles (e a vídeos de Perry empunhando uma lata de spray semana passada), o lotado show no clube da Strip foi mais um marketing de guerrilha de uma banda de rock de arena de longa data. Tyler, com lenços esvoaçantes, óculos enormes e chapéu molenga, anunciou: “Ladies and genitals! Bem-vindos ao Whisky! Vocês amam essa banda quase tanto quanto eu…”

Para o Aerosmith, a turnê é mais uma chance de divulgar “Music from Another Dimension”, de 2012, o primeiro álbum de material inédito da banda dentro de 11 anos. Estreou na quinta posição no ranking Billboard 200, mas não se saiu tão bem quanto a banda esperava.”

“Pra mim, o álbum ainda está novinho. Não nos aprofundamos muito nem tocamos algumas das melhores músicas ao vivo”, Perry diz. “Acho que é um dos melhores discos que já fizemos em muitos anos. Nos enrolamos com um lance corporativo e não foi promovido. O chefe da gravadora saiu três semanas antes do lançamento, toda a divulgação ficou comprometida. Não fizemos turnê pelo álbum como normalmente fizemos.”

Tyler acrescenta: “Que revigorante depois de 10 anos ser fodido pela gravadora de novo. Deus, senti falta disso.”

“Não precisamos mais nos preocupar com isso”, diz Perry.

“Music from Another Dimension” foi o último álbum do Aerosmith no contrato com a Columbia Records, gravadora da maior parte da carreira da banda. O baixista Tom Hamilton está empolgado com as possibilidades. “Não temos mais uma gravadora. Somos nossa própria gravadora”, diz Hamilton. “Vai ser legal ver o que podemos fazer com essa oportunidade. Penso nisso todo dia.”

O setlist da banda na turnê de 2014 vai variar, dependendo da cidade e do local, e terá um embate com uma história que vai de hard rock a baladas pops e de volta ao hard rock. No Whisky, a banda se mostrou pronta para explodir com o rock and roll rasgado que deu início à carreira deles no início dos anos 70. É uma tradição que Perry diz que excita fãs novos e uma nova geração de rockeiros.

“Existem outras bandas que querem fazer rock. Jack White não deixou de perceber isso”, diz Perry. “Ele faz coisas incríveis. Ouvi uma instrumental dele um dia desses, com certeza ele ainda está usando guitarras e amplificadores velhos e os fazendo soar diferente.”

Tyler acrescente: “É uma uma sensação diferente de qualquer coisa. Não dá pra ficar parado ao ouvir. O que nos estimulou a compor ‘Sweet Emotion’ e coisas assim? Ainda estamos envolvidos nisso. Não tem a ver com dinheiro. Pra mim, é pelo jogo e pela paixão.”

Olhando para a frente, o baterista Joey Kramer diz: “Ainda fazmos o que fazíamos aos 20 anos e ainda gostamos pra caralho. Não importa o que aconteça, brigas entre os integrantes, coisas que acontecem conosco pessoalmente ou como grupo, na hora de subir no palco, nada mais importa.”

Para Slash, a turnê pelos Estados Unidos vai ser uma espécie de reunião com uma banda que ele conheceu pela primeira vez quando o Aerosmith levou uma jovem banda chamada Guns N’ Roses para sua primeira turnê de arena em 1988. Foi também o Aerosmith, ele diz, que influenciou seu direcionamento à guitarra, após ouvir “Rocks” na adolescência.

“Virou a minha banda”, contou Slash à Rolling Stone. “Era uma parada hard rock sexy agitada e com muitos riffs e um vocalista fora de controle. Tinha muita raiva e alma. Com certeza foi a banda que me levou a tocar guitarra.”

Naquela turnê de 1988, o Aerosmith viu o GN’R se tornar uma confiante banda de alto nível. “Slash não esconde a influência que tivemos nele”, diz Perry. “Eles viraram uma banda muito, muito grande. Com certeza deixaram sua marca.”

Share

 1 comentário  |  Publicado por Carol




Página 1 de 54412345...102030... Última »
 



    RSS FeedClique aqui para assinar o feed de notícias do Aeroworld.com.br!
    Acompanhe as últimas atualizações do site em tempo real no seu agregador.

    O Aerosmith virá ao Brasil novamente em Outubro de 2013 para fazer 4 shows. Em qual você vai?

    View Results

    Usuários que mais comentaram as nossas notícias durante este ano:
    • naiara (64)
    • Ma18397 (10)
    • daniela (3)
    • Igor Lino (3)
    • Luís Otávio (3)
    • steven (2)
    • Rafael Ramos (2)
    • tropeço (2)
    • Júnior Tyler (2)
    • Bruno Tortola (2)
    • Augusto Pinz (2)
    • Rodrigo Geraldo (1)
    • fabricio marques (1)
    • Fabiano Goulart (1)
    • Héber Principe (1)

    • Quer entrar neste ranking?
      É só usar o mesmo nome e e-mail em todos os seus comentários, que eles serão contabilizados. E não se preocupe, pois o seu e-mail não é divulgado no site. Participe!

  • Aeroworld.com.br no Twitter     Aeroworld.com.br no Facebook     Aeroworld.com.br na Last.fm